BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

Minha Pessoa

Minha foto
Choro ou sorrio, são estados da alma. Quero e não quero, são coisas do meu coração. Lavo as minhas mágoas de braço dado com as dores e alegrias

domingo, 22 de março de 2009

Um amor

eu lhe ouvi entrar
vi no seu olhar
que estava querendo me atormentar

e reagi sem ver
coração tocando o céu da boca
minha alma louca
ai minha voz saindo
andando sem roupa
nua de palavras

queimando de intenção
digo afogueada
digo sem retorno e sem razão

foi como se pegasse fogo em água fria
como se empurrasse a escuridão,
como me iluminasse
meu amor ficasse pertinho
jurando servidão.

por: Maria João e Mario Laginha

1 comentários:

João de Matos disse...

Há letras que são, de facto, um mistério pela beleza das palavras que desejamos ser incertas. Esta é uma que a dupla de sempre consegue "melodicar" (mais um verbo que vai ser só nosso) melhor do que ninguem :P